Qual o futuro do GlassFish Open ESB e da sua implementação JBI?


Quando a Oracle anunciou a compra da Sun o assunto principal foi o que aconteceria com o MySQL já que o maior fornecedor de banco de dados comercial estava comprando a empresa que mantinha a maior distribuição de banco de dados open source. Entretanto a minha atenção, e certamente de vários profissionais que trabalham com SOA e integração de sistemas, voltou-se para o GlassFish ESB. Qual seria o futuro do GlassFish ESB e da sua implementação JBI?

Mesmo antes da aprovação da compra da Sun pela Oracle pela Comissão Européia, os mais pessimistas praticamente auto decretaram o fim não só do GlassFish ESB mas um genocídio onde o servidor de aplicação GlassFish e o a IDE NetBeans também estariam com os dias contados.

Passados mais de 6 meses desde a efetivação da compra, podemos considerar como incerto o futuro do GlassFish ESB?. De fato parece que nada concreto está definido por parte da Oracle. No que diz respeito à comunidade que desenvolvia o produto e as empresas que prestavam (e ainda prestam) suporte, as novidades já começam a surgir. O código-fonte do GlassFish ESB e a versão mais atual do OpenSSO estão disponívis em http://www.forgerock.com/. Além disso, está programado para os dias 4 e 5 de outubro de 2010 um encontro na Bélgica para discutir e definir os seguintes pontos em relação ao GlassFish ESB:

  • Definir um novo modelo de governança para a comunidade
  • Definir um novo processo de manutenção e evolução do código-fonte
  • Desenhar o Roadmap para as próximas versões do Open-ESB V2.x e do Fuji (considerada a versão 3)
  • Reorganização das documentações do projeto

O evento contará também com laboratórios, apresentação de casos de sucesso e painéis de discussão e utilização do GlassFish ESB. Temporariamente o site do evento está no endereço http://87.106.30.213:8081/ezpublish/index.php/eng mas em breve estará em definitivo no endereço http://openesb-community.org/.

Voltando ao assunto Oracle… na minha opinião o que acontecerá com o GlassFish ESB é que a Oracle irá portar o padrão JBI para o Oracle Service Bus permitindo que componentes JBI possam ser compostos na implementação SCA (Service Component Architecture). Essa “simples” ação ao menos preservaria o investimento daqueles que possuem utilizam o GlassFish ESB e desejarem migrar o stack Oracle.

Vamos aguardar cenas dos próximos capítulos esperando que boas notícias do passado em relação ao GlassFish ESB possam novamente ser manchete.

[]’s

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s