Ontologia para SOA


Durante a disciplina Fundamentos da Modelagem no curso de Mestrado do PPGI-UFRJ, fiz uma análise da ontologia de domínio para a Arquitetura Orientada a Serviços, a Ontologia SOA, criada pelo The Open Group. Além disso, apliquei alguns conceitos da UFO – Unified Foundational Ontology propostos por Giancarlo Guizzardi em “Ontological Foundations For Structural Conceptual Models” com o objetivo de criar uma nova modelagem para  Ontologia SOA. A figura abaixo mostra o diagrama que representa parte da modelagem resultante dessa análise e da aplicação da UFO.

Ontologia SOA

Modelagem proposta para a Ontologia SOA do The Open Group

Por diversos motivos a criação de ontologias de domínio, como é o caso da Ontologia SOA, baseadas em ontologias de fundamentação é de extrema importância. Isso por que as ontologias de fundamentação permitem o estabelecimento de ontologias de domínio mais consistentes, expressivas e semanticamente mais ricas.

A modelagem resultante dessa análise atinge o objetivo proposto inicialmente uma vez que ela torna mais explícito uma série de conceitos que na modelagem original da Ontologia SOA, feita pelo The Open Group, estavam implícitos ou apenas descritos em linguagem natural, no caso a língua Inglesa. Dessa forma, os praticantes da Arquitetura Orientada a Serviços poderão se beneficiar dessa nova modelagem já que ela permite um melhor entendimento dos conceitos da Arquitetura Orientada a Serviços e consequentemente um maior alinhamento entre seus praticantes.

Outro aspecto relevante da modelagem proposta é que ela representa um passo a mais em direção à implementação de SOA orientada a modelo (model-driven SOA implementation), o que facilita ainda mais a adoção de SOA.

Leia o meu artigo na íntegra em http://www.slideshare.net/MarceloFernandes3/ontologia-soa. Obs: É necessário um conhecimento mínimo sobre UFO para uma melhor entendimento do artigo.

About these ads